Blog

Calendário promocional: o que saber para programar o seu

Quando o assunto é comércio ou varejo, todo dia é dia de vender, não é mesmo? Mas você já deve ter notado que nas datas comemorativas as chances de vendas aumentam consideravelmente. Isso acontece porque nesses períodos, em geral, as pessoas adquirem produtos e serviços guiadas pela emoção.

A questão é que se você, gestor do ponto de venda, não dedicar tempo para programar um calendário promocional, certamente irá perder excelentes oportunidades de negócio. Por essa razão, preparamos este post. Ele serve tanto para quem ainda não fez um planejamento, como aos que gostariam de revisar os próprios processos.

O que é um calendário promocional

Quando falamos de calendário promocional, nos referimos a um conjunto de datas utilizado pelo comércio ou varejo em geral para atrair a atenção dos clientes e, assim, elevar os indicadores de vendas. Quando bem planejado, ele serve para definir as necessidades de compra, campanhas de marketing e contratação ou treinamento de colaboradores.

Como avaliar as datas mais importantes para o negócio

Cada tipo de negócio reserva particularidades quanto à importância das datas comemorativas. Para algumas marcas do comércio e do varejo, por exemplo, faz sentido incluir no calendário promocional eventos esportivos, datas que marcam a mudança de estação e festas temáticas da região onde o comércio está localizado. Porém, é fundamental ter no radar as datas mais tradicionais, como Natal, Ano Novo, Dia das Mães, Dia dos Namorados, Dia dos Pais, Dia das Crianças, Dia do Cliente, Black Friday e Páscoa.

Comece conhecendo o seu público-alvo

O primeiro passo para programar o calendário promocional do seu comércio ou varejo é saber para quem você vende e quais são os desejos, expectativas e necessidades dessas pessoas. Com essas informações em mãos, será mais fácil oferecer produtos que façam sentido para o seu público-alvo.

Como avaliar as promoções mais importantes para o seu negócio

Agora que você já sabe quais datas devem ser consideradas no seu calendário promocional e qual é o seu público-alvo, parta para o levantamento dos seguintes dados:

 

  1. Desempenho dos principais concorrentes nas datas em questão;

  2. Indicadores de vendas e compras do período;

  3. Erros e acertos de campanhas anteriores;

  4. Tendências de consumo do cliente; e

  5. Metas do negócio para o ano atual.

 

A recomendação é que, para ter sucesso, as ações em datas comemorativas envolvam o gestor, os fornecedores, os promotores e os colaboradores do estabelecimento. A ideia é garantir que todos estejam alinhados quanto à importância do momento.

Ferramentas para manter o cronograma das promoções

Adquira soluções de tecnologia que lhe permitam:

  •     Controlar e comunicar quais datas se aproximam;
  •     Fazer o levantamento e a análise de períodos anteriores; 
  • Saber, em tempo real, quais produtos foram vendidos e quais precisam ser repostos.

Com essa precaução, será difícil perder vendas pelo esquecimento de uma data importante, pela falta de preparo adequado do PDV para a ocasião ou pelo estoque vazio.

Não deixe o cliente sem informação

Tenha em mente a seguinte regra: no PDV, o cartaz é o principal meio de comunicação entre a loja e seus clientes. E, para não correr o risco de que o cliente deixe de levar um produto por falta de informação ou por comunicação ineficiente, invista na padronização de cartazes.

Algumas marcas já aderiram ao cartazista eletrônico, programa de criar cartaz de ofertas online, que oferece variadas formas de venda que combinam com cada momento do calendário assim como as campanhas temáticas que exploram visualmente a data em questão. Com ele, ganha-se autonomia para dar sequência às estratégias de marketing, com rapidez, customização e economia.

Não perca oportunidades de alavancar os negócios, reforçar o vínculo com os clientes e atrair novos consumidores.

Contato