Blog

Fique por dentro de modelos de cartazes promocionais e saiba quando usar

Publicado em: 21/01/2020

Já aconteceu de você deixar de comprar um produto porque ficou em dúvida sobre o valor do item ou a promoção que estava relacionada a ele? Infelizmente, isso ainda acontece em alguns PDVs, mas não naqueles que já entenderam que o cartaz é o principal meio de comunicação entre o comércio e o varejo com os seus clientes. Nós sabemos disso e, por essa razão, preparamos esse post com orientações muito importantes sobre a produção de cartazes.

Três exemplos de cartazes

Quando está avaliando os produtos em uma gôndola, em geral, os clientes demoram 15 segundos para decidir em qual deles irá fixar o seu olhar. Então, é fundamental ter estratégia na escolha da cor e do formato do cartaz de preço. Nossa sugestão é que o PDV priorize o uso de três modelos:

#1 – Cartaz branco

Use cartaz branco para produtos habituais que estão sendo comercializados sem nenhuma promoção especial. Aqueles do dia a dia.

#2 – Cartaz amarelo

Prefira cartaz amarelo para todos os itens que você deseja promocionar, seja por excesso de itens em estoque, porque sairá de linha ou outro motivo qualquer.

#3 – Cartaz grande de oferta

Reserve o cartaz grande de oferta para vendas emergenciais cujo período de promoção tem prazo de validade.

Não deixe seu cliente sem informação

Alguns pontos de vendas atrasam o início de uma promoção devido ao alto volume de trabalho do profissional especializado na produção manual dos cartazes. Porém, muitos estabelecimentos já conquistaram autonomia nessa ação por terem adquirido o cartazista eletrônico, programa de criar cartaz de preço. Com esse software o negócio ganha em produtividade, padronização e economia de tempo e dinheiro. A plataforma permite, ainda, a escolha de temas para cartaz, que pode ser de calendário, de datas comemorativas ou apenas com a logomarca do negócio.

Cinco dicas na disposição de itens e no uso de cartaz de preço

#1 – Cartazes rasgados ou sujos deixam o cliente com má impressão sobre o PDV;

#2 – Amontoar produtos e cartazes tende a deixar o cliente confuso;

#3 – É sempre melhor colocar o cartaz na gôndola ou em um display próximo ao item. Assim, não corre-se o risco de danificar o produto;

#4 – Produtos em promoção devem estar em um local de destaque dentro do PDV para chamar a atenção do cliente;

#5 – Sempre agrupe os produtos por ordem lógica e por afinidade de uso ou combinação. Isso faz com que o cliente lembre-se mais facilmente do que precisa.

Contato