Blog

Natal: 10 tendências para potencializar suas vendas

Então, é Natal! E o que você fez de diferente no seu PDV? Lembre que essa é a época do ano em que as compras das pessoas são guiadas pela emoção. Em geral, elas economizam pouco para decorar ou reformar a casa, presentear pessoas, confraternizar ou satisfazer os próprios desejos e necessidades. Além disso, considerando o réveillon, é a penúltima chance que você terá para dar aquele arranque nas metas do quarto trimestre do ano, que impactarão diretamente no saldo de toda a temporada.

Por essas e outras razões, listamos a seguir 10 tendências para potencializar suas vendas no Natal.

Dica #1 – Atraia o cliente para o seu PDV

Nessa Era Digital, um grande desafio dos líderes de PDV é atrair o cliente para dentro da loja. Então, seja no Natal ou em outras épocas do ano, invista em ações de endomarketing, nas redes sociais e de fidelização dos consumidores.

Dica #2 – Decore o ambiente

A decoração de um PDV com motivos natalinos, em geral, desperta no cliente a urgência para iniciar as compras do período. Dessa forma, certifique-se de que no seu comércio ou varejo o espaço esteja decorado com árvore e Papai Noel, entre outros tradicionais enfeites que remeta o visitante à data. Considere ainda inserir itens natalinos no uniforme dos seus colaboradores. 

Dica #3 – Programe as compras

Efetuar compras de última hora é caminho certo para o prejuízo. Então, o quanto antes, mapeie as tendências de compra do consumidor e indicadores de vendas de anos anteriores. Você não quer deixar de efetuar um negócio por falta de produto em estoque, não é mesmo? Além disso, com antecedência é possível estabelecer parcerias com fornecedores para conceder melhores preços aos clientes. Aliás, faz parte das suas estratégias de venda ter um bom calendário promocional?

Dica #4 – Treine a equipe

Poucas situações são tão desagradáveis para o cliente quanto entrar em um comércio ou varejo e se deparar com colaboradores que não têm informações seguras sobre os produtos ou a operação do PDV. Invista em treinamentos para conscientizar o time sobre a importância de se informar e se colocar verdadeiramente à disposição dos consumidores.

Dica #5 – Bonifique os vendedores

Em geral, no final do ano, as pessoas elevam muito os próprios gastos. Isso acontece, inclusive, com membros do seu time de vendas. Então, se fizer sentido para o seu negócio, entre o Natal e Réveillon, avalie a possibilidade de oferecer aos vendedores bonificações por metas diárias ou semanais. Mas tenha atenção para estabelecer objetivos possíveis. Além de engajar, essa ação é uma justa recompensa diante de um período em que trabalha-se durante mais horas e com muito mais estresse e pressão.

Dica #6 – Ofereça comodidade ao cliente

Compras de final de ano nem sempre são rápidas. Então, ofereça comodidades para que o cliente tenha muitos motivos para permanecer no PDV. Vale investir, por exemplo, em Espaço Kids, área de descanso ou de café, wi-fi gratuito ou embalar gratuitamente para presente os itens comprados na loja. Estude, ainda, a possibilidade de permitir a retirada na loja de itens que foram comprados pelo e-commerce.

Dica #7 – Venda soluções e não apenas produtos

Isso quer dizer que, por exemplo, além de vender, vinho, taças e bombons, você pode reunir todos esses itens em uma cesta e comercializá-la como um kit de Natal a um preço atrativo. Essa é uma excelente tática de venda para auxiliar clientes indecisos. 

Dica #8 – Faça promoções e facilite o pagamento

Mais do que em outros períodos do ano, no Natal os consumidores costumam ficar muito sensibilizados diante de descontos progressivos, ofertas especiais e facilidade no pagamento. Então, estabeleça uma boa estratégia de preço e veja o ticket médio de venda aumentar. Só tenha atenção para que o preço do produto em promoção não fique abaixo da sua margem de lucro.

Dica #9 – Capriche na comunicação visual

De que adianta você preparar uma excelente estratégia de venda para o Natal se o cliente não for corretamente informado sobre a existência dela? Por isso, capriche na produção dos cartazes, que, dentro do PDV, são o principal meio de comunicação entre varejistas e comerciantes com seus consumidores. A atenção deve ser tanto para a customização da arte, com logomarca do estabelecimento e figuras que remetam ao Natal, quanto para a qualidade do texto, sem erros de digitação, gramaticais ou de informação. Para garantir agilidade, economia e autonomia nesse processo, marcas de diferentes portes têm aderido ao cartazista eletrônico

Dica #10 – Amplie o prazo para troca

Em geral, o comércio e varejo determina que as trocas de produtos sejam feitas em um prazo de até 30 dias. Porém, com relação a presentes adquiridos para o Natal, é gentil por parte do comerciante ou varejista ser mais flexível. Isso porque, após as festividades natalinas, as pessoas costumam se envolver com os preparativos do réveillon e, na sequência, emendam alguns dias de férias. 

Agora que você já está por dentro das principais práticas de venda para esse final de ano, é hora de colocá-las em prática. Afinal, o Natal já está logo aí…

Contato